Insistimos ao longo dos anos no desenvolvimento das relações bilaterais com a China e entendemos que os países precisam evoluir para uma parceria mais profunda, de investimentos.

No passado, China e Brasil, aumentaram fortemente suas trocas comerciais, o que de fato ajudou o Brasil a crescer e se desenvolver, mas no nosso entendimento esta fase está no fim e devemos adotar uma parceria mais intrínseca, complementar, de investimentos, especialmente dos Chineses no Brasil.

Os destinos mais tradicionais de investimentos chineses são os EUA e Europa. Prevemos, porém, fortes investimentos na América Latina e em especial no Brasil, um país com economia complementar e com produtos essenciais a economia a chinesa, iniciando uma importante virada na relação entre os dois países.

Trabalhamos em diversos setores econômicos selecionados desde nossa primeira operação com a China em 2002. Alguns deles são: siderúrgico, de óleo e gás, automotivo, construção, mineração, agrícola, dentre outros, adotando diversos modelos operacionais, como criação de Joint Ventures, SPE, brokers, advisors, M&A, dentre outros.

Estamos apostando no forte aumento de investimentos chineses nas áreas de energia, infraestrutura e agrícola.

A Ipanema, com orgulho, é membro do CEBC (Conselho Empresarial Brasil China), mais renomado Think Tank para o desenvolvimento das relações Sino-Brasileiras que tem como membros empresas da elite empresarial de ambos os países.

CONTATO

Preencha os campos obrigatório

LOCALIZAÇÃO

Praia de Botafogo, N. 228, Edifício Argentina, 16º andar, Ala A, Sl. 1601, Rio de Janeiro, RJ, Brasil - CEP 22250-040

HORA INTERNACIONAL

Beijing

Rio de Janeiro

New York

London

15:58

5:58

2:58

7:58

PROJETOS DE INFRAESTRUTURA

Apresentamos neste link um amplo e detalhado estudo, com mais de 2.000 projetos necessários ao desenvolvimento da matriz de transportes brasileira em todos os modais (rodoviário, ferroviário, aquaviário e aéreo, além do transporte público urbano).

VEJA OS PROJETOS